Escolas e Instituições de Ensino

Para facilitar sua busca (se estiver num computador ou notebook), aperte Ctrl + F

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal
08/04/2020 · Utilidade Pública

REDE MUNICIPAL DE ENSINO

As aulas presencias da Rede Municipal de Ensino (Reme) permanecerão suspensas até o final do ano letivo de 2020.Os alunos continuarão tendo acesso aos conteúdos de forma remota.

 

REDE ESTADUAL DE ENSINO

As aulas presenciais na Rede Estadual de Ensino (REE) permanecerão suspensas até o final do ano letivo de 2020. Os alunos continuarão tendo acesso aos conteúdos de forma remota.

 

REDE PRIVADA DE ENSINO

Foi autorizado o retorno gradativo das aulas presenciais nas escolas particulares. De acordo com texto publicado no Diário Oficial do município ficou autorizado a partir do dia 21 de setembro o retorno das aulas presenciais para o Berçário e Educação Infantil. As escolas deverão assinar um Termo de Compromisso e obedecer ao Plano de Contenção de Riscos, com regras específicas de biossegurança. Confira o decretro na íntegra: https://bit.ly/33QiERZ

A partir do dia 19 de outubro foi liberado o retorno das aulas presenciais do Ensino Médio, seguindo todas as regras estabelecidas de biossegurança.

Foi liberado a partir do dia 4 de novembro o retorno das aulas presenciais do Ensino Fundamental.

 

 ENSINO SUPERIOR

 

Foi liberado, por meio de decreto, o retorno das aulas práticas e estágios profissionais curriculares nas universidades. Também ficou autorizado o retorno das aulas presenciais dos cursos pré-vestibulares, seguindo todas as regras de biossegurança. Confira o decreto: https://bit.ly/32A0Hr9

 

CURSOS PREPARATÓRIOS

As autoescolas, com aulas teóricas para quem vai tirar a carteira de motorista; os cursos preparatórios de inglês, matemática, português, além de alguns cursos técnicos, podem voltar a oferecer aulas presenciais. Para isto, terão de submeter ao Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19 da Prefeitura de Campo Grande, plano de biossegurança, que contemplem principalmente, o distanciamento mínimo de 2 metros entre os alunos, com espaço de 10 metros quadrados para cada um. A flexibilização está prevista no decreto 14.309, de 18 de maio de 2020, que altera parcialmente o decreto 14.257, em vigor desde o dia 17 de abril. Continuam proibidas as aulas presencias em universidades, faculdades e cursos pré-vestibulares. A medida abrange cursos normalmente ministrado em pequenas turmas e que não tem frequência diária dos alunos. 

 

 CLIQUE AQUI PARA VOLTAR PARA O ÍNDICE DE LOCAIS E SERVIÇOS